Diretor de ‘Pantera Negra’ é algemado em banco ao tentar sacar próprio dinheiro

 

Diretor do filme Pantera Negra, o cineasta Ryan Coogler foi detido pela polícia em Atlanta após ser confundido com um ladrão enquanto tentava sacar dinheiro da própria conta em um banco. A situação aconteceu em janeiro deste ano, mas só se tornou pública nesta quarta-feira (9), quando o site TMZ teve acesso ao boletim de ocorrência.

“Essa situação nunca deveria ter acontecido. De qualquer forma, o Bank of America (instituição onde o caso ocorreu) e eu nos acertamos e seguimos adiante”, disse Coogler ao site.

Na ocasião, para não chamar atenção, o diretor de 35 anos foi ao caixa do banco e entregou um formulário de requisição de saque juntamente com um bilhete que dizia: “Eu gostaria de sacar 12.000 dólares em dinheiro da minha conta. Por favor, faça a contagem das notas em outro lugar, pois gostaria de ser discreto”.

A atendente, no entanto, confundiu a situação e achou que era uma tentativa de roubo. De acordo com a reportagem, quando a caixa foi fazer a transação em seu computador, ele acionou uma espécie de alerta.

A polícia foi acionada por ela pelo gerente do banco. Após chegada do agentes, Ryan Coogler foi detido e algemado. Além do diretor, outras duas pessoas que esperavam por ele em um carro do lado de fora da agência também foram rendidas.

Quando o “mal entendido” foi desfeito, Coogler chegou a pedir todos os nomes e identificações dos policiais que o prederam. No entanto, não há informações de que ele tenha medida alguma ação contra os oficiais ou contra o banco.

Comentários

comentários