Sargento de voo presidencial brasileiro é preso com droga na bagagem

Com informações do BN/Foto: Divulgação

Brasília, 14/06/2015, Aeronave da Força Aerea Brasileira, Modelo C-97 - 2012 numero 12 No Aeroporto JK. Foto: Michael Melo

Um sargento da Aeronáutica foi preso, nessa terça-feira (25), na Espanha, por transportar drogas na bagagem. O militar iria assumir o voo do avião reserva do presidente Jair Bolsonaro (PSL), segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo. Isso criou tamanho desconforto no Palácio do Planalto que fez o governo brasileiro mudar a escala do presidente de Sevilha para Lisboa, em Portugal.

O sargento detido, que não teve sua identidade divulgada, embarcou de Brasília, no avião reserva da Presidência, o Embraer 190. A aeronave transportava um grupo de três tripulações de militares para a missão presidencial, sendo o sargento integrante da segunda equipe. Funcionário da FAB, ele exercia a função de comissário de bordo na aeronave.

Comentários

comentários